Sobre acessibilidade

Serviços

Notícias Mais Notícias

05/10/2017 - 17:15
Os servidores públicos que trabalham no local puderam chegar bem perto da padroeira dos paraenses

Os servidores públicos que trabalham no complexo do Palácio do Governo puderam chegar bem perto da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, durante a celebração que ocorreu nesta quinta-feira, 5, no auditório da sede governamental. Acompanhado da primeira-dama, Ana Jatene, o governador Simão Jatene participou da programação que aconteceu no início da tarde.

“Não tenho palavras. É uma honra muito grande a gente estar pertinho Dela”, afirmou Luana Santos, do setor de compras da Casa Civil, que ficou muito emocionada com a homenagem à padroeira dos paraenses. A emoção também tomou conta da primeira-dama, Ana Jatene. “Não tenho palavras para descrever o quanto sinto que estamos abençoados pelo trabalho feito e a certeza de que Ela vai estar com a gente no decorrer do ano. É fé e confiança muito grande de que não estamos sós”.

Para o governador Simão Jatene o Círio de Nazaré é um momento de reencontro com a família, amigos e com a própria fé. “É também um encontro com as nossas esperanças e renovação de propósitos. Esse ano gostaria de pedir a Nossa Senhora que nos iluminasse. Nesses tempos de profunda intolerância, onde as pessoas são discriminadas pelo simples fato de serem diferentes, precisamos de muita luz para a humanidade conseguir prosseguir em uma caminhada civilizatória no sentido de construir um mundo, uma sociedade melhor”, destacou o governador.

Desde o início deste ano a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré participou de cerca de 400 celebrações, desde visitas às peregrinações de vários dias, como acontece na cidade do Rio de Janeiro. Roberto Souza, diretor das festividades do Círio de Nazaré explicou que com a aproximação do Círio, as visitas se intensificam. “Quando chega nesse período, as agendas são feitas apenas na região metropolitana. As visitas a outros estados, por exemplo, são feitas no primeiro semestre. Três Bispos  estão nos ajudando nessas celebrações”, contou.

O Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assim, disse que as peregrinações em órgãos governamentais e não governamentais são experiências significativas. “É um momento de profunda reflexão sobre a importância da vida religiosa, da ética, da espiritualidade nesses ambientes. E a função da espiritualidade é colocar oxigênio no coração humano, doçura e esperança, é colocar sentido naquilo que nós fazemos”, reiterou o Bispo com votos de um feliz círio a todos.

A banda da Polícia Militar, o grupo Timbres e a cantora Patrícia Oliveira, que é colaboradora na assessoria do Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), prestaram homenagens à santa com canções marianas, na celebração ocorrida no Palácio do Governo.

Por Dani Filgueiras

Gabinete do Governador